English Español Français Deutsch Italiano Český Polski Русский Română Українська Português Eesti 中文

Conhecimento contemporâneo sobre Deus, sobre a evolução e o significado da vida humana.
Metodologia de desenvolvimento espiritual.

 
Thoth o Atlante
 

Thoth o Atlante

Essência da Alquimia Divina

Traduzido do espanhol para o português
por Tânia Maria Furtado Nobre

© Antonov V.V., 2010.




Anotado por Larisa Vavulina


Transformando escuridão em Luz, mal em Amor, as pessoas se aproximam à Perfeição.

Durante o processo desta transformação — mediante a luta consigo mesmo e mediante os esforços máximos da alma — o Elixir da Imortalidade, o Diamante Precioso, a Flor Dourada, a Chave para tudo no universo ou, em outros termos, o Amor Divino, emerge gradualmente!

No “cadinho” chamado planeta Terra, “fundem-se” novamente as almas. Fervendo em um enorme caldeirão, todas elas — almas grandes e pequenas, almas vegetais, animais e humanas, almas virtuosas e viciosas — tem as mesmas oportunidades para purificar-se das “escórias”. Porém somente o ser humano pode fazê-lo conscientemente.

Borbulham e fervem no “cadinho” diferentes paixões humanas: a ira, a injúria, a arrogância, o ódio, os ciúmes, as invejas, a avidez…

Os vícios ou imperfeições, também chamados “escórias”, se separam da alma através da dor e sofrimento, através de provas e tentações. Estas “escórias” são as impurezas nocivas e a “ganga” (os resíduos não aproveitáveis). E quando a alma se libera disto, fica só com um Cristal transparente cuja única propriedade é Puro Amor.

É durante a luta e a ignição que nasce e cresce o Amor! Logo este Amor, já maduro, cria e nutre toda a vida no universo. E sempre triunfa!

Também quero falar de duas coisas importantes que são a união das consciências e sua interpenetração. As almas (ou consciências) são energias que podem compenetrar-se e unir-se! Portanto, sua união é uma realidade objetiva! Esta união pode ser comparada com o fenômeno, estudado e conhecido muito bem pelos físicos, da difusão. Sem dúvida, para que as consciências se unam se requer sua identidade qualitativa.

Nos planos não materiais do Absoluto multidimensional, o vetor do movimento evolutivo correto das consciências está dirigido ao Centro, ao Criador, também conhecido como o Imã Universal ou o Coração do Absoluto.

Em outras palavras, as consciências progridem em sua evolução através de sua refinação, transladando-se das camadas densas do Absoluto às camadas cada vez mais sutis, até que cheguem ao estrato sutilíssimo, a Morada do Criador. E é ali onde cada alma que evolui corretamente se une com a Consciência Primordial.

É a Lei objetiva do universo, que pode ser denominada como a Lei da atração (espiritual) universal. E as emoções amorosas puras (isto é, desinteressadas) são as propulsoras e as catalisadoras deste processo.

Quando as almas resistem a seguir o princípio fundamental do Amor e não progridem em sua refinação, se unem com as camadas grosseiras e densas do Absoluto multidimensional e vivem neles até o final de Kalpa.

No entanto, se uma alma responde a chamada do Criador e se precipita para Ele com todo seu ser, desenvolvendo o amor, a sutileza, a sabedoria e o poder, pode finalizar rapidamente sua evolução pessoal, estabelecendo-se para sempre na Morada do Criador na União definitiva com Ele.


Literatura recomendada

 
Página principalLivrosArtigosFilmesGaleriaScreensaversNossos websitesLigaçõesSobre nósContato